Almoço de negócios: tudo o que você não deve fazer

Entenda tudo sobre esse ritual do mundo corporativo nesse conteúdo e evite gafes comuns!

Via : Saia do Lugar

Publicado: quarta-feira, 28 março, 2018 às 13:07
comportamento-em-almoço-de-negocios
Tudo começa com a abordagem certa

No mundo corporativo, é natural que mais cedo ou mais tarde você acabe marcando um almoço de negócios. Afinal, é em reuniões mais próximas como essas que costumam surgir boas oportunidades de conectar-se com o cliente e fechar boas parcerias.

Mesmo com toda a tecnologia que facilita a comunicação nos dias de hoje, esses encontros servem como uma maneira de construir um relacionamento duradouro.

Mas, para transformar essa ideia em algo real é preciso saber como marcar e, acima de tudo, como se comportar nessas situações. É por isso que trouxemos a seguir uma série de boas práticas que você deve considerar em um encontro como esse. Confira!

Capriche no convite

Tudo começa com a abordagem certa. Um almoço com um cliente, potencial parceiro de negócios ou novo colega, muitas vezes pode ser mais produtivo do que uma reunião de escritório. Sair do escritório e das trocas por e-mail ou telefone cria um ambiente mais propício para uma conversa relaxante e sincera.

Ao convidar alguém para almoçar é essencial ser respeitoso com o tempo e a disponibilidade do convidado. O convite deve ser feito com antecedência e você deve conhecer todos os detalhes da reunião para passar profissionalismo.

Acerte na escolha do local

Essa é outra etapa bastante fundamental. É importante que você conheça o local da reunião para ter a certeza de que tanto o atendimento quanto o espaço sejam agradáveis e de qualidade.

Dessa maneira, você pode reservar uma mesa mais calma para que o barulho ou elevado movimento de pessoas não atrapalhe a sua conversa. Outro ponto a se considerar é a possibilidade de reservar com antecedência para evitar perder tempo em filas.

Procure evitar restaurantes muito sofisticados para não deixar seu possível cliente desconfortável. Ao mesmo tempo, tente não optar pelo total oposto. Além disso, tenha certeza que o estilo do local esteja de acordo com as preferências do convidado. Você não quer levar um vegetariano a uma churrascaria, certo?

Mesmo que você faça o convite, é bastante válido estar aberto às sugestões do cliente.

Não se atrase

Nunca é demais frisar a importância de não se atrasar para o encontro. O profissional que se atrasa pode ser visto como alguém que não sabe se organizar.

O ideal é chegar antes do convidado e se certificar de que a mesa reservada está disponível e pronta para você e o cliente. Respeitar horários também é importante pois o cliente pode ter outros compromissos marcados após o almoço.

Tente fazer com que o encontro não leve mais do que duas horas e que não seja preciso seu convidado tenha que se sentir apressado para ir embora.

Lembre-se das boas maneiras

O jeito como você se comporta à mesa pode dizer muito sobre a sua postura como empreendedor. Portanto, priorize sempre as regras de etiqueta: não mastigue de boca aberta, use o guardanapo, não gesticule com os talheres na mão etc.

Evite bebidas alcoólicas

Você está convidando clientes para almoçar e mesmo que esse encontro seja descontraído, você está nele a trabalho. Entretanto, não deixe que sua perspectiva iniba o convidado de pedir o que ele deseja.

A regra é deixar que o cliente faça o pedido antes do seu, assim ele não vai se sentir restringido pela sua escolha.

Desligue o celular

Um almoço com o cliente não é o momento para checar seu e-mail, responder mensagens ou conferir o feed do Facebook. No fim das contas, esse encontro é uma reunião e as regras se aplicam nesse caso também.

Sua total atenção ao cliente mostra sua dedicação ao negócio dele e suas necessidades.

Saiba quando falar de negócios

Durante a refeição, é indispensável que você saiba deixar os assuntos fluírem naturalmente. Não adianta tentar apressar os tópicos relacionados a negócios sem gerar uma conexão com o cliente. Faça o máximo para controlar sua ansiedade nesse momento.

Você pode seguir as etapas da conversa de acordo com os pratos. Por exemplo, falar sobre temas mais pessoais e descontraídos nos pratos de entrada, perguntar sobre o negócio do cliente e introduzir uma proposta durante os pratos principais e deixar as conclusões e decisões finais para a sobremesa.

De qualquer forma, busque seguir uma forma orgânica de desenvolver a conversa e nunca fale mal de um concorrente para fazer seu produto se sobressair.

Seja um bom ouvinte

Melhor do que ter um discurso preparado sobre o que falar para seu convidado é saber ouvir seu problema e estar disposto a oferecer a ajuda que ele realmente precisa.

Faça perguntas abertas e se demonstre interessado no desenrolar da conversa. Não tenha medo de compartilhar algumas histórias pessoais, se achar necessárioIsso lembrará seu cliente que você é humano e que você está disposto a estabelecer uma conexão pessoal.

Pague a conta

Se você fez o convite para o almoço de negócios, a ação mais elegante é pagar a conta. Dessa maneira você demonstra interesse e cuidado pelo convidado.

Uma maneira de fazer isso sem evitar constrangimentos é, discretamente, chamar o garçom e pedir pela conta. Quando o papel chegar, pegue naturalmente sem interromper a conversa ou perder o contato visual com o cliente.

Se houver algo errado com a conta, chame o garçom ou responsável separadamente, sem fazer dessa situação um grande problema e deixar o cliente desconfortável.

Não se esqueça de se divertir

Por mais que possa existir uma pressão para que a reunião gere bons frutos, não esqueça que esta também é uma oportunidade para você se divertir e, principalmente, ser você mesmo.

Quando você se permite relaxar e lidar com a situação de maneira leve, você aumenta suas chances de se abrir e fortalecer suas relações de negócio.

Marcar um almoço de negócios pode ser uma ótima forma de fechar negócios e realizar parcerias que tragam benefícios para os dois lados. Reuniões como essa podem ser consideradas uma arte e, conforme você pratica, melhor você se sai nelas.

Com as dicas que você conferiu aqui hoje, certamente está pronto para dar o primeiro passo. Bons negócios e boa sorte!