Quer ser inovador? siga as três dicas desse neurocientista

Responsável pela palestra de abertura da Campus Party Brasil, Greg Gage fala sobre a necessidade de desmistificar a ideia de que neurociência é só para cientistas

Via : Revista PEGN

Publicado: quarta-feira, 7 fevereiro, 2018 às 10:00
“O ser humano tem uma ferramenta incrível que é o seu próprio cérebro e ele precisa entendê-lo melhor”

Mundialmente conhecido por seu trabalho inovador, Gage é fundador e CEO da Backyard Brains, empresa que desenvolve e comercializa ferramentas e programas ligados à neurociência.

Ele é membro sênior no TED, onde discute inovação em suas palestras. O neurocientista também ficou conhecido por seus experimentos – no mínimo – curiosos. Na abertura da Campus, por exemplo, fez dois jovens “operarem” uma barata.

Além disso, Gage foi premiado no National Institute of Health por seu comprometimento com a ciência – ganhando até o reconhecimento do ex-presidente norte-americano Barack Obama.

Durante a Campus Party, discutiu com o público – jovem, em sua grande maioria – a importância da neurociência. “Precisamos desmistificar a ideia de que neurociência é somente para cientistas. O ser humano tem uma ferramenta incrível que é o seu próprio cérebro e ele precisa entendê-lo melhor”, afirmou.

O neurocientista também deu dicas para quem quer se manter inovador. Confira:

1. Simplicidade

Para Gage, simplicidade é um dos segredos da inovação. Segundo o neurocientista, usar bem o dinheiro é mais importante do que tê-lo em abundância. “Na minha empresa, por exemplo, desenvolvemos soluções e ferramentas sem realizar altíssimos investimentos ou cobrar muito dos consumidores. O que fizemos foi usar o máximo da nossa expertise, que é o estudo do cérebro, para aproximar os clientes.” O principal produto da Backyard Brains sair por US$ 250.

2. Busque a excelência

O empreendedor também acredita que o sucesso só vem com muito estudo. “A única maneira de você obter um retorno positivo é com muita dedicação.” Segundo Gage, foi dedicando sua vida ao estudo do cérebro que se tornou um especialista, realizando grandes feitos nos últimos anos.

3. Seja curioso

Com o intuito de influenciar o público presente, Gage convidou membros da plateia para subir ao palco e participar dos seus experimentos. A intenção, segundo o empreendedor, era incitar a curiosidade. “Você aprende na ciência que ser curioso é a chave para a inovação. Se não tivesse analisado outras áreas da ciência, eu jamais teria desenvolvido as soluções do meu negócio. Essa ferramenta é uma das mais baratas e úteis que uma pessoa pode ter.”