Como (e por que) encontrar um mentor?

Empreender exige conhecimento em assuntos que, nem sempre, são acessíveis a todas as pessoas. Por isso, encontrar um mentor pode fazer toda a diferença

Via : Saia do Lugar

Publicado: quinta-feira, 5 abril, 2018 às 12:29
como-encontrar-um-mentor-para-startup
Um indivíduo que deseja empreender também precisa de alguém que mostre o caminho mais seguro

Mentor é uma palavra muito comum para designar alguém que vai te ajudar a realizar seus projetos, especialmente os profissionais. Também conhecido como um guia, mestre ou conselheiro, geralmente é uma pessoa com mais experiência que você escolhe para se inspirar e receber feedbacks. Saiba como encontrar essa pessoa aqui e agora.

Empreender exige conhecimento em assuntos que, nem sempre, são acessíveis a todas as pessoas. Por isso, encontrar um mentor para dar dicas sobre o mundo dos negócios pode ajudar o empreendedor a ter sucesso.

No entanto, onde encontrar uma pessoa disposta a ajudar um empresário iniciante?Responder essa pergunta parece ser algo difícil, mas não precisa ser assim.

Se você nunca parou para pensar sobre a importância da mentoria para empresas, então, sugiro que leia este artigo até final. Boa leitura!

Por que você precisa encontrar um mentor?

O exemplo mais singelo de um mentor se apresenta na figura dos professores infantis. Com cuidado, carinho e respeito, esses profissionais orientam a criança na sua descoberta pelo mundo, momento no qual as coisas mais triviais se mostram mágicas.

É natural que a criança, sem nenhum treino, cometa erros nesse período. Contudo, a experiência dos professores é suficiente para direcioná-la ao acerto, de modo que suas falhas não sejam determinantes ou traumáticas.

Um indivíduo que deseja empreender também precisa de alguém que mostre o caminho mais seguro. Já que nem sempre terá segurança em seu próprio discernimento para decidir sobre temas importantes.

Todavia, é necessário entender que o papel do mentor é o de aconselhar, não o de socorrer ou de decidir. O mentor, assim como a professora infantil, não pode tirar a autonomia do pupilo.

Além do mais, o empreendedor deve compreender que às vezes empreender é uma atividade solitária. Nem sempre ele poderá compartilhar seus problemas com família e amigos. Nem sempre essas pessoas conseguirão compreender as aflições do mundo dos negócios.

1. Você tem acesso aos melhores empresários da história

Se você pudesse ser aconselhado por um visionário como Steve Jobs, o que perguntaria? A boa notícia é que, de certa forma, você pode. O primeiro passo para encontrar um mentor é entender sobre o mercado no qual você atua.

Por essa razão, busque saber como os pioneiros do empreendedorismo trabalharam. Leia suas biografias, pois, nelas estão contidas seus erros e acertos.

Além do mais, esses personagens históricos foram estudados por pesquisadores de várias áreas, que compilaram o que eles tinham de melhor para oferecer.

Outro ponto interessante é que o estudo encurta caminhos, fazendo com que você aproveite melhor as oportunidades dos encontros reais. Por exemplo: você leu sobre a importância do plantio de soja no estado do Mato Grosso do Sul. Um dia, teve a oportunidade de bater um papo com um empresário do setor. Você não fará a ele perguntas introdutórias, pois, já sabe as respostas.

2. Tem muita coisa bacana acontecendo, mas você não sabe

O mundo dos negócios é pulsante e costuma incentivar a troca de ideias entre investidores. Por isso, se você vive em uma cidade de médio porte, não deixe de acompanhar os eventosque ocorrem nas faculdades, associações ou governos.

Esses encontros são uma perfeita oportunidade para encontrar um mentor e fazer contatos profissionais e comerciais.

Grande parte desses encontros são realizados de forma gratuita — principalmente nas universidades e faculdades.

3. A imprensa apresenta mentores, mas tome cuidado

Veículos jornalísticos especializados em negócios apresentam aos seus leitores figuras proeminentes do setor. É uma boa chance para começar a acompanhar o trabalho de alguém que pode se tornar um mentor.

Apesar disso, é necessário tomar cuidado, pois os jornais são efêmerosCostumam dar destaque a figuras que apresentaram resultados recentemente, sem que haja tempo de avaliar sua biografia.

Um exemplo é o empresário Eike Batista que surpreendeu o mundo todo com seus números fabulosos, tornando-se o mentor dos sonhos do empresariado brasileiro.

O tempo mostrou que os resultados de Eike não eram fruto de um método inovador de gerir empresas, mas de um relacionamento ilegal com o governo.

Por isso, é recomendável que o leitor acompanhe essas publicações. A mídia traz informações interessantes, mas, questione-se sobre os passos que o empresário, que ilustra a reportagem, deu para poder estar onde está.

4. As redes sociais são um caminho curto para a mentoria

É sensacional como as redes sociais podem aproximar pessoas com ideias em comum. Por isso, liste os empresários que você admira e busque seguí-los nas redes sociais. Principalmente àquelas que possuem um perfil mais profissional, como o Twitter e o LinkedIn.

Dessa forma você terá acesso à agenda dessas pessoas, sabendo quando estarão próximas à sua cidade para oferecer um curso, por exemplo. E, por falar em curso…

5. Cursos podem te apresentar a mentores incríveis

Profissionais experientes costumam dedicar parte de sua trajetória à docência. Estudantes inovadores dedicam-se à pesquisa. Por isso, matricular-se em curso, voltado à sua área de interesse, pode ser o melhor caminho para encontrar um mentor.

Você poderá contextualizar seus problemas empresariais nos trabalhos do curso, além de ter a oportunidade de repensar suas ações durante às aulas. Você não precisa iniciar uma graduação, mas observe estudos de pequena duração oferecidos na sua cidade.

6. Colegas empreendedores também podem ser mentores

Todos podemos contribuir com a jornada do outro. Por isso, não restrinja seus mentores às pessoas que já superaram todos os desafios possíveis. Seus colegas empresários podem ajudá-lo com insights interessantes.

Uma dica é acompanhar o trabalho da associação de empresários da sua cidade ou bairro. Verificar os eventos do Senai — ou outra instituição do tipo — também poderá ajudá-lo.

Se você possui um amigo empresário, não deixe de contatá-lo. Em muitos casos, o orgulho pode atrapalhar a ascensão de uma pessoa.

Além disso, reuniões da associação de moradores de bairros costumam ser boas oportunidades de conhecer as demandas que os moradores, empresários ou não, possuem em comum.

Provavelmente, as empresas vizinhas à sua já passaram por problemas semelhantes aos seus, vale a pena tentar descobrir como elas fizeram para superá-los.

Agora que você entendeu a importância de encontrar um mentor, com certeza iniciará sua jornada em busca do conhecimento, não é verdade?

No início deste artigo citamos a importância de incluir a leitura no processo de busca pela mentoria. Por isso, oferecemos a você, gratuitamente, um e-book sobre os livros mais importantes do mundo dos negócios. Baixe e leia agora mesmo!