Como calcular o valor de uma empresa

A chave está em determinar os resultados de fluxo de caixa futuros

Via : Revista PEGN

Publicado: terça-feira, 6 março, 2018 às 13:59
aprenda-a-calcular-o-valor-do-seu-negocio
É fundamental que o tempo projetado para a análise seja consistente com os objetivos estratégicos da empresa

“Gostaria de saber como faço o cálculo para saber quanto vale a minha empresa.”

Dentre os métodos de avaliação de empresas, alguns se destacam como os mais utilizados pelos investidores em geral: abordagem do Fluxo de Caixa Descontado (FCD), abordagem do Lucro Econômico, abordagem de Múltiplos etc.

A taxa de desconto mencionada representa uma média aritmética ponderada, dos custos dos respectivos capitais (exigidos por terceiros – dívidas – e por recursos próprios – acionistas), por sua contribuição relativa para o capital total da empresa.

Neste método do Fluxo de Caixa Descontado, o “Fluxo de Caixa Livre” é a variável crítica para se estimar os fluxos de caixa esperados pela empresa ao longo do tempo. Nesse sentido, é fundamental que o tempo projetado para a análise seja consistente com os objetivos estratégicos da empresa.

O cálculo do Fluxo de Caixa Livre é calculado conforme o modelo a seguir:

EBITDA (lucros antes dos juros, impostos, depreciação e amortização)
(-) depreciação e amortização
(=) EBIT (lucro antes dos juros e do imposto de renda)
(-) Imposto de Renda
(=) NOPAT (lucro operacional, após o imposto de renda)
(+) Depreciação e amortização
(-) investimentos em ativos permanentes (gastos de capital)
(-) variações na necessidade em capital de giro
(=) fluxo de caixa livre

*Ângelo Corsetti é professor de finanças do Insper